quinta-feira, 22 de maio de 2008

ÉVORA: População de Mora voltou a protestar

“Somos de Évora” foi certamente a frase mais ouvida ontem à tarde na Praça do Giraldo. A população de Mora participou em peso no protesto contra a integração do concelho na NUT3 de Portalegre. A distância é o que mais preocupa o presidente da Câmara de Mora. “Se precisar de resolver um problema em Portalegre perco um dia inteiro”, afirma José Sinogas, acrescentando que “estamos a 40 km de Évora, se a alteração não se concretizar ficaremos a 120 km de Portalegre”. Segundo o autarca, “não há transportes para Portalegre e que mais de 90 da população não conhece a cidade”. De acordo com José Sinogas, a reivindicação de que Mora integre o Alentejo Central vem desde 1999, mas acentuou-se porque foram alteradas as regras. “Na altura, disseram-nos que não havia implicações nenhumas, mas este governo alterou as finanças, a justiça e a educação”, diz José Sinogas, indicando que “neste momento só falta a saúde”. As cerca de 1500 pessoas aprovaram uma moção, mais tarde entregue à Governadora Civil de Évora, Fernanda Ramos, e dirigida ao secretário de Estado Adjunto e da Administração Local, Eduardo Cabrita. O deputado do PCP, João Oliveira esteve presente no protesto, solidarizando-se com os morenses. “Obviamente que estou solidário com esta população” disse o parlamentar, revelando que “hoje[ontem] mesmo apresentei na Assembleia da República um projecto de resolução para que esta situação seja corrigida”. Depois de receber uma delegação de autarcas do concelho de Mora, a governadora Civil de Évora, Fernanda Ramos, anunciou uma reunião entre o Governo e os 14 autarcas do distrito, apontando o diálogo como forma de ultrapassar o diferendo.

9 comentários:

Anónimo disse...

Mora fica a 40 km de évora e a 120 km de portalegre: este é o facto

Que tipo de insensibilidade é esta que designa que mora deverá pertencer a portalegre?

Zé Povinho disse...

Perante a evidência da distância e da vontade expressa das populações, pergunto-me porque é que este assunto não se resolve imediatamente.
Surdez, autismo, ou interesses inconfessados? Algo tem de ser!
Abraço do Zé

fotógrafa disse...

Amanhã o sol será o mesmo mensageiro da luz, mas as circunstâncias, pessoas e coisas, poderão estar diferentes.

Hoje significa o teu momento de agir, semear, investir as tuas possibilidades afectivas em favor daqueles que convivem contigo.

Hoje é o melhor período de tempo na direção do tempo sem fim...
Bom fds
abraço

xistosa disse...

Temos que manter o ânimo.

Eu sei que a Queima, queima as calorias ... no meu tempo não havia disto.
Acabava-se o Curso e ... festejar só em casa ...
Terra mldita!


Por que o pessoal de Mora não pede para pertencer antes a Faro, Portimão, etc. Sempre poderiam fazer praia?

Anónimo disse...

xistosa a tua sugestão é...como direi...de uma autêntica inteligência e sensibilidade humana.
Bos sonhos para a tua consciência

Anónimo disse...

a xistosa só fez uma graçola, deixa lá, não foi por mal.

José António disse...

Essa gente, que de Lisboa se põe a adivinhar como poupará uns euros, deveria ser obrigada a deslocar-se a Cabeção cada vez que lhe chegasse uma gripe. Talvez na "Adega Funda" lhe passasse a sezão.

Oris disse...

Olha que o Sr José Sinogas tem carradas de razão....Ainda não vi nada de bom que este Governo tenha feito...
Também vi o protesto na TV e dou muita razão aos morenses....

Boa semana.
Beijitos

João Boto disse...

pois é.. vejam em
http://joaoboto.blogspot.com/
Eu já disse tudo... e mais alguma coisa sobre Mora/Governo e Évora/Portalegre

Abraço de um Alentejano no Norte