sexta-feira, 25 de abril de 2008

O DIA DA LIBERDADE

25 de Abril sempre...

13 comentários:

Anónimo disse...

O primeiro-ministro, José Sócrates, considerou hoje que a democracia portuguesa "pede meças" a outros regimes democráticos e está "sólida e muito responsável".

"A nossa democracia pede meças a outras democracias do mundo. É sólida e estável", afirmando que "há regras para a expressão de opiniões".

O primeiro-ministro falava aos jornalistas à chegada à residência oficial em S. Bento, aberta hoje aos cidadãos como é habitual no feriado 25 de Abril.

José Sócrates frisou que foi durante o seu mandato que a Assembleia da República adoptou novas regras que "dão mais poder ao Parlamento" e às oposições.

"Sou o primeiro-ministro que mais vezes foi ao Parlamento", afirmou, escusando-se a responder a mais perguntas por não ser o "momento para fazer análise política".

De manhã, na sessão solene comemorativa dos 34 anos do 25 de Abril, na Assembleia da República, o Presidente da República, Cavaco Silva, divulgou extractos de um estudo que encomendou sobre a relação da juventude com a política e disse que este demonstrou um "total alheamento" dos jovens, "de tal forma baixo que ultrapassa os limites daquilo que é natural e salutar numa democracia amadurecida".

O PSD também falou sobre o estado da democracia afirmando que Portugal vive uma democracia que "alguns querem asfixiar".

O primeiro-ministro contactou em seguida com muitos dos populares que visitavam o palacete de S. Bento, incluindo uma turma de alunos de uma escola de Ponte de Lima.

Ao som da música da banda filarmónica da PSP, e aproveitando a sombra das árvores, José Sócrates quis ser fotografado com os cidadãos, entre os quais muitas crianças e idosos, a quem deu autógrafos.

Palhaços do Chapitô com moinhos de papel nos chapéus passearam pelos jardins com animações dedicadas ��s "energias renováveis".

O incentivo à utilização de energias renováveis foi o pretexto do primeiro-ministro para ir ver a turbina eólica e os painéis solares instalados nos jardins da residência oficial no âmbito do programa de eficiência energética adoptado há alguns meses.

"Já vendemos 50 euros de energia à rede nacional", afirmou, sendo depois corrigido pelo especialista que o acompanhava: "50 euros foi o que estimámos que a turbina produziu só num dia de vento que tivemos".

Os painéis solares, com cerca de 160 metros, produzirão a partir de Maio energia fotovoltaica com o objectivo de tornar a casa oficial do primeiro-ministro "uma residência ecológica".

Ao longo do percurso no jardim, Sócrates foi abordado por várias pessoas, algumas das quais lhe perguntaram quantos chefes de governo tinham utilizado o palacete de S. Bento para morar.

"De que tenha memória só me lembro de duas, o primeiro-ministro Cavaco Silva e Santana Lopes", respondeu, sendo de seguida corrigido por uma mulher: "não, Salazar também morou aqui".

Ainda antes de Sócrates chegar a S. Bento, pouco depois das 15:00, tinham entrado na residência cerca de 500 pessoas.

Debaixo de sol intenso, duas idosas disseram que foi a "curiosidade e a vontade de dar um passeio" que as levaram até à residência oficial mas confessaram-se um pouco desiludidas por só terem tido acesso "a três salas".

Já a mãe de uma criança da escola de Ponte de Lima que fez uma excursão até Lisboa, Celeste, referiu que só veio "acompanhar os garotos", afirmando que o actual primeiro-ministro "é como os outros, que tudo prometem e nada fazem".

Com opinião contrária, uma idosa repetente nas visitas à residência do primeiro-ministro no dia 25 de Abril, abordou José Sócrates no jardim, chamando-o de "príncipe perfeito".

SF.

Anónimo disse...

Saímos de uma ditadura que durou 40 anos.
O 25 DE ABRIL trouxe-nos muita coisa: liberdade de expressão, direitos, etc..
Cabe a todos nós continuar ABRIL.
Somos nós os que cá vivemos que temos que construir Portugal, que temos de continuar Abril.
Desenganem-se os que pensam que tudo está adquirido; meus caros, a luta é continua, é para sempre.

Claro que é sempre mais fácil apontar erros posteriores e encostarmo-nos à bananeira à espera que outros resolvam por nós, aquilo que achamos mal.


Venham pessoas com acção continuar a luta, que é diária.

VIVA O 25 DE ABRIL
CONTINUAR ABRIL, TODOS OS DIAS

Alice Matos disse...

Nunca é demais festejar Abril... nunca é demais cantar Abril... nunca é demais exaltar Abril...

Um beijo para ti...

Carlos Rebola disse...

Amigo
Um abraço bem apertado no espírito do 25 de Abril de 1974, escrito no progarma do MFA, para que conste...
Carlos Rebola

O Guardião disse...

Recordar os ideais de Abril para que nunca mais deixemos que nos tirem a Liberdade.
Cumps

Anónimo disse...

25 de Abril marcou o virar da história em Portugal, não podemos jamais esquecer esta data e o que significou para o povo. Foi a partir daqui que a liberdade de expressão, direitos.

transtagano disse...

25 de Abril Sempre.Não podemos deixar de comemorar Abril.
Todavia há que ter cuidado com alguns Pseudo-Democratas. que se um dia chegassem ao poder, eliminavam a liberdade.
25 de Abril Sempre.

xistosa disse...

Já disse tudo sobre o 25 de Abril.

Vivi o hedodismo pidesco, que alimentava um monstro altamente implementado.

Hoje, olhando para trás ... nada se passou ... ainda bem que o país perdoou ...
(Ou talvez a PIDE fosse uma invenção!!!!
Coitados dos crentes!

Anónimo disse...

Música: Fernando Lopes Graça
Letra: José Gomes Ferreira

Acordai
acordai
homens que dormis
a embalar a dor
dos silêncios vis
vinde no clamor
das almas viris
arrancar a flor
que dorme na raíz

Acordai
acordai
raios e tufões
que dormis no ar
e nas multidões
vinde incendiar
de astros e canções
as pedras do mar
o mundo e os corações

Acordai
acendei
de almas e de sóis
este mar sem cais
nem luz de faróis
e acordai depois
das lutas finais
os nossos heróis
que dormem nos covais
Acordai!

Ludo Rex disse...

Que Abril permaneça Sempre nos nossos corações.
Viva o 25 de Abril! Viva a Liberdade!

Bruno Taveira disse...

Olá meu caro amigo, obrigado pela visita no meu espaço...

25 de Abril...sim um dia memorável que jamais ninguém vai esquecer! Assim nasceu a nossa liberdade...

Desejo-te um bom início de semana, abraço até breve

P.s.- Para quando o próximo 25 de Abril?eheheh

Anónimo disse...

Incêndio em Évora.

http://patrimonios.blog.com/3058821/

Zé Povinho disse...

Julguei que era só eu que tinha feito uma pausa, mas parece que outros também aproveitaram para descansar. Sabe sempre bem.
Abraço do Zé