segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

ÉVORA: Uma mulher morre e três homens ficam feridos em acidente com tractor


Uma mulher morreu e três homens ficaram feridos ontem de madrugada devido ao despiste e posterior queda num buraco de um tractor agrícola numa herdade na periferia de Évora. A vítima mortal, de 27 anos, e os feridos, um grave e dois ligeiros, ocupavam o tractor, quando este se despistou, às 3h35, na Herdade dos Alcamises, na freguesia da Malagueira, disse fonte do CDOS de Évora. O capitão Paulo Santos, da GNR de Évora, disse que "a hora e as más condições do caminho" são as causas prováveis do despiste. O ferido em estado grave, de 35 anos, e os feridos ligeiros, de 30 e 33 anos, foram transportados para o hospital de Évora.

12 comentários:

Anónimo disse...

Hoje foi um dia marcante no que se refere a acidentes e mortos. Mais 3 para as estatisticas. Começa a tornar-se num habito este tipo de casos na região.

Templo do Giraldo disse...

Esta madrugada e o dia de hoje foi um dia trágico no que respeita a acidentes de viação na região. Até ao momento registou-se 3 mortos e três feridos graves.
Os acidentes ocorreram um no concelho de Montemor mais propriamente entre Cabrela e Casebres, outro entre Alcacer do Sal e a Comporta e um ultimo na cidade de Évora. Lamenta-se mais 3 vidas perdidas nas nossas estradas.
Os condutores tem que ser mais moderados e cautelosos.

De Amor e de Terra disse...

A vida breve, tão breve
nunca nos diz qual a hora
da partida e leve, leve
faz-nos voar vida fora!...


Beijo

Maria Mamede

rendadebilros disse...

Os acidentes nas estradas são , como todos os acidentes terríveis. O que me choca mais é a sociedade aceitá-los como inevitáveis... e naturais , que não são!
Passarei mais vezes - vou colocar o link, mas podes também passar por www.queconversa.blogspot.com
Um abraço.

Pinoka disse...

Lamento o sucedido.
Eu próprio já apanhei um grande susto num acidente de tractor, quando digo grande, foi mesmo grande. Ia sentado no guarda-lamas, algo que é absolutamente normal para quem se desloca em máquinas destas, que são muito mais falsas que aquilo que transparecem à partida devido ao porte.
Um abraço

PMF disse...

Espírito burocrata.

A história, tal como foi noticiada pela TVI, no seu Jornal das 20h., conta-se assim: uma mulher que há 13 anos fez uma cesariana no Hospital de Évora (Hospital Espirito Santo), viveu, desde então, com uma ligadura de cerca de 20 cm, no intestino. Na realidade, tal ligadura foi esquecida durante a referida intervenção a que se submeteu em 1994 e, perante as dores persistentes, os seus médicos assistentes decidiram, agora, operá-la, pensando que iriam retirar-lhe um tumor….

Descoberto e noticiado o esquecimento dos cirurgiões e enfermeiros de há 13 anos atrás, o caso divulgou-se, tornou-se público e a paciente falou à TVI (só quer que lhe peçam desculpa e que reconheçam o erro que lhe causou dores durante anos e, agora, a perda de parte do intestino!).

A administração do Hospital conhece a história. Falou à reportagem da TVI e reconheceu o sucedido, acrescentando que poderia até equacionar a abertura de um inquérito, desde que a paciente apresentasse, por escrito e formalmente, uma queixa …..provavelmente, redigida de acordo com uma determinada “norma” ou procedimento que, concerteza, estará previsto burocraticamente num qualquer obscuro formulário de actos dos utentes, adoptado pela adminsitração do Hospital (terá pensado, sem o dizer, o administrador entrevistado!).

Entretanto, do pedido de desculpas pretendido pela paciente…ainda nada!

Talvez a administração do Hospital esteja, também, à espera de uma qualquer solicitação formal, por escrito, com a assinatura da requerente reconhecida nos termos legais.

Anónimo disse...

è este o país que temos,acidentes em catadupa e histórias como a de hoje e noticiada pela tvi.
Tirem-me daqui eu quero ir para a Ilha.

Zé do Cão disse...

Os milhares de mortos que são ocasionados por tractores, levava-me a pensar que eram falsos.
O Pinoka, já disse tudo. Os tratoristas são obrigados a terem carta para conduzir tractores.Sim Concerteza, ou é falta de consciencia.
Há que ter cuidado senhores do Campo, há que ter cuidado.

fotógrafa disse...

Olá, bom dia...
obrigada pela passagem pelo meu sitio, só agora consegui responder,pois perdi o contacto com o teu blog
abraço

Luís Galego disse...

não vou comentar este post, mas como eborense que sou (saí de Evora com 12 anos, mas ainda assim...)é sempre com comoção que me recordo de Evora...das minhas andanças entre o Bairro da Senhora da Saúde e os Salezianos e a escola Preparatória André de Resende onde estudei...enfim, esta palavra saudade...

Gostei do Blog. Parabens!!!

Zé do Cão disse...

Pois Luiz Galego, acho que devias comentar os postes, pois tratam-se de coisas da tua terra e as nossas origens são sagradas.
Um abraço

Outonodesconhecido disse...

Ainda continuam os acidentes com os tractores...