sábado, 19 de janeiro de 2008

ALCÁÇOVAS: ALEGADO HOMICIDA DETIDA NA CADEIA DE ELVAS


O homem emigrante português em França que alegadamente terá mandado matar a mulher assassinando de seguida o executor do crime está detido na prisão de Elvas.O casal de emigrantes passava as férias de verão em Alcáçovas no concelho de Viana do Alentejo onde a mulher foi encontrada morta na sua casa. A PJ desvenda o crime e apresentou provas de que o marido mandou matar a mulher por um 'amigo' francês o qual veio, em Outubro úlimo, a matar em França. Transportou o cadáver para Portugal (Bombarral) aonde o enterrou em terrenos da família. A alegada relação do homem com outra mulher poderá estar na origem do crime.
In: A. Sul

5 comentários:

Eva Russo disse...

Olá Templários !
Obrigada pela visita a um dos meus Blogs.
Podem conhecer-me melhor em: http://www.evafantasmagoria.com

Thanks ! :-)

A.N.(A.) disse...

http://nacionalistaslivres.blogspot.com/2008/01/comunicado-todos-ao-porto-no-dia-26.html

Anónimo disse...

estamos num país de loucos já se faz encomendas de assasinatos, e no fim do serviço executa-se o autor do primeiro. Qualquer dia nem em casa estamos seguros.

marcorijo disse...

Eu conheço pessoas da familia da vitima assim como do suposto assassino.
E devo dizer que o tal crima hediondo de Agosto do qual faleçeu a mulher dele, a própria familia achou tudo muito estranho assim como os factos que levaram a morte da dita cuja.

Anónimo disse...

E parece que até floes colocou na campa da senhora!!
Este mundo esta louco.