domingo, 16 de novembro de 2008

NACIONAL: Economia nacional "resiste e continuará a resistir"

O primeiro-ministro, José Sócrates, afirmou hoje que a economia nacional "resiste e continuará a resistir", sublinhando que Portugal está fora da lista de países em recessão. "A nossa economia resiste e continuará a resistir", afirmou José Sócrates, à margem de uma conferência promovida pela Caixa Geral de Depósitos, que está a decorrer na Culturgest em Lisboa. O primeiro-ministro comentava assim os dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) e pelo Eurostat, que indicam que a economia portuguesa estagnou no terceiro trimestre deste ano, face aos três meses anteriores, escapando à recessão este ano. "Portugal não se encontra na lista de países em recessão", afirmou José Sócrates, acrescentando que "há um abrandamento, mas não corresponde a uma recessão". Referindo-se ao crescimento homólogo de 0,7 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), o primeiro-ministro salientou ser um resultado "melhor do que muitos esperavam". "A crise internacional afectou a economia portuguesa, mas estamos melhores que as outras economias europeias, que têm crescimentos negativos", acrescentou, garantindo que o Governo está a fazer tudo o que está ao seu alcance "para proteger as famílias e as empresas". José Sócrates afirmou ainda que o plano de ajuda ao sector bancário "ajudou, e muito, à descida da Euribor, o que ajudou as famílias portuguesas".

1 comentário:

calcadinho disse...

Quem quer o 1º. Ministro enganar?
Ninguem precisa do "magalhães", pa-ra ver o caminho que o País está a
seguir.
Vá ouvir o Povo.