sexta-feira, 6 de junho de 2008

MANUEL ALEGRE: Volta a criticar Governo de Sócrates

Manuel Alegre comentou a mega-manifestação realizada ontem em Lisboa e acusou o Governo de surdez cegueira e de um convencimento excessivo da sua razão. Alegre disse que o Primeiro-ministro deveria prestar mais atenção ao que se passa nas ruas. Sobre a manifestação da CGTP, que juntou cerca de 200 mil pessoas, o ministro do Trabalho e da Segurança Social, Vieira da Silva, disse que mais importante do que protestar é que a CGTP dê o seu contributo para o diálogo. Na RR, o Presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, D. Jorge Ortiga, interpretou a contestação ao Código do Trabalho, dizendo que o Governo deve tirar conclusões desta manifestação e que o poder político não deve arranjar desculpas para a crise social que o país atravessa, mas tem de encontrar respostas para as questões da pobreza. Já hoje, o barómetro Renascença/Expresso/Sic mostra que o Partido Socialista desceu 1,4% nas intenções de voto situando-se agora nos 41,8%, não conseguindo manter a maioria absoluta. A esquerda volta a subir. Contudo, a direita continua a não capitalizar com a descida dos socialistas. O PSD, já com Manuela Ferreira Leite na liderança, ainda tem uma queda maior que o PS: desce 1,9% em relação ao mês anterior, para uns modestos 25%. O BE é o partido que regista a maior subida 1,2%, alcançando os dois dígitos com 10%. Assinalável é também a subida da CDU de 1 ponto percentual, para os 11% -consolidando o estatuto de terceira força política. O CDS-PP sobe seis décimas, para os 6,9%.

7 comentários:

Bruno Taveira disse...

Olá Caro Amigo, quero-te desejar um optimo fim de semana, com o jogo de Portugal a mistura, na bancada vip (sofa da sala) a festejar os golos, agarrado a uma boa cerveja, mini ou xl!
Abraço, até breve...

xistosa disse...

Não ando a aparecer porque estou cheio de trabalho.
Depois de reformado é que há trabalho.
Ninguém necessita de trabalho.
O que faz falta é o dinheiro. Mas temos que o procurar e pelo trabalho consegue chegar-se-lhe, se nos pagarem

Bom fim de semana e que o M. Alegre, pise bem os calos ao Sócrates e à sua equipa de especialistas em esvaziarem-nos os bolsos!

xistosa disse...

Não ando a aparecer porque estou cheio de trabalho.
Depois de reformado é que há trabalho.
Ninguém necessita de trabalho.
O que faz falta é o dinheiro. Mas temos que o procurar e pelo trabalho consegue chegar-se-lhe, se nos pagarem

Bom fim de semana e que o M. Alegre, pise bem os calos ao Sócrates e à sua equipa de especialistas em esvaziarem-nos os bolsos!

Anónimo disse...

Pois, este Manuel Alegre não é aquele que é Vice-Presidente da Assembleia da República?
O homem já não é do PS?
Ontem estava sentado na bancada parlamentar do Partido da Maioria!!

O Guardião disse...

De Manuel Alegre espera-se maior firmeza, porque encostado ao PS as suas palavras perdem muito brilho.
Quanto à queda do PS, acho que é merecida, e a do PSD também, já que preconiza quase o mesmo que Sócrates. Assim não vamos a lado nenhum, senão para o fundo como já se sente.
Bfds
Cumps

fotógrafa disse...

O valor das coisas, não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem…
Bom fds prolongado, abraço

Anónimo disse...

Quando é que o José Sócrates o põe na linha ou o expulsa do partido? Se fosse no PCP onde é que ele já estava?