sábado, 12 de janeiro de 2008

ALENTEJO : Encerradas duas praças de touros por falta de enfermaria




A Inspecção-Geral das Actividades Culturais mandou encerrar duas praças de touros no Alentejo, uma perto de Évora e outra em Portel, por falta de enfermaria, segundo disse à agência Lusa a responsável do organismo.
A Inspectora-Geral das Actividades Culturais explicou que os serviços estão a fazer um levantamento sobre a capacidade médico-sanitária das enfermarias das praças de touros."Numa ponderação sobre o risco mais elevado, estamos a encerrar as praças de touros que não dispõem de enfermaria", afirmou Paula Andrade.Nesse sentido e por despacho da IGAC foram encerradas as praças de touros de S. Manços (concelho de Évora) e de Amieira, aldeia do concelho de Portel.A IGAC já desenvolveu as respectivas notificações a proprietários e exploradores para o encerramento de ambos os recintos, até que sejam criadas as enfermarias.Paula Andrade adiantou à Lusa que a actividade fiscalizadora vai continuar, passando a incidir nas enfermarias "classificadas como más", em que os proprietários e exploradores vão ser advertidos para a correcção das anomalias.

4 comentários:

Anónimo disse...

A ASAE não brinca... fecha tudo e mais alguma coisa. Mas é com estas medidas extremas que se tomam decisões. Se não fosse assim nunca mais estas praças teriam enfermaria. Áté acho bem, afinal de contas é para melhorar

Anónimo disse...

Concordo com o anónimo das 11.14.
Ao preço a que os bilhetes estão nada justifica a falta deste equipamento.

Anónimo disse...

http://terena.bloguepessoal.com/

Anónimo disse...

E a praça de touros da família Torres tem enfermaria?!